Pages

7 de set de 2011

Resenha: O Morro dos Ventos Uivantes








Titulo: O Morro dos Ventos Uivantes 

Autora: Emily Brontë 

Editora: Leya

Categoria: Literatura Estrangeira

Nº de Páginas: 292

Ano de Lançamento: 2009


Sinopse: Na fazenda chamada Morro dos Ventos Uivantes nasce uma paixão devastadora entre Heathcliff e Catherine, amigos de infância e cruelmente separados pelo destino. Mas a união do casal é mais forte do que qualquer tormenta: um amor proibido que deixará rastros de ira e vingança. “Meu amor por Heathcliff é como uma rocha eterna. Eu sou Heathcliff”, diz a apaixonada Cathy. O único romance escrito por Emily Brontë e uma das histórias de amor mais belas de todos os tempos, O morro dos ventos uivantes é um clássico da literatura inglesa e tornou-se o livro favorito de milhares de pessoas, inclusive dos belos personagens de Stephenie Meyer.

Resenha SEM SPOILERS

Sempre tive vontade de ler esse livro e confesso que depois de ter lido Crepúsculo da Stephenie Meyer fiquei com mais vontade ainda, já que pra quem leu sabe que esse é um dos livros favoritos da personagem Bella, então a vontade só ficou maior e comprei logo o livro.
Conhecido por seus diálogos intensos, O Morro dos Ventos Uivantes de Emily Brontë conta a história de um amor não correspondido, intenso e tempestuoso.
Narrado em terceira pessoa, a autora apresenta alguns dos personagens mais sombrios e cativantes da literatura inglesa, como Heatcliff. Um até então menino indefeso que foi “adotado” pela família do Sr. Earnshaw, que é o pai de Catherine, é o anti-herói romântico, sedutor e às vezes até maligno. Já Catherine, uma menina de temperamento difícil que não sabe lidar muito bem com suas emoções.
A história de amor de Catherine e Heathcliff é triste, sombria e intensa, ao melhor estilo gótico. Ao contrário de outros livros, esse amor não fortalece, ele destrói. Catherine é geniosa e teimosa, Heatcliff é sombrio e rude. Mesmo com um sentimento arrebatador unindo os dois, a vida tratou de separá-los. Em parte pelo temperamento difícil de ambos.
O livro tem um final inesperado e pode-se dizer triste, eu me vi largando ele algumas vezes, por raiva de Catherine e até de Heatcliff, a história se torna um pouco dramática demais em algumas partes e isso é de certo um tanto irritante. Mais no final gostei e achei muito bom.
É uma leitura que recomendo pra quem deseja ler um bom clássico, nada melhor do que esse para começar.

Bom espero que tenha gostado da resenha e pra incentivar a leitura vamos ter promoção do livro no blog viu, fiquem ligados. 

Beijos 

Fiquem bem


5 comentários:

  1. Sabe li esse livro pelo mesmo motivo que vc: Crepúsculo rsrs.
    E assim como vc também larguei ele algumas vezes por raiva, só que ao contrario de vc eu não gostei no final kkk.
    Só não digo que foi perda de tempo pq todo livro pra mim é válido e eu matei minha curiosidade.

    @Agda01

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, Jaira.
    Eu também tive a curiosidade de ler esse livro por causa da Bella.
    Com certeza vou participar dessa super promo.

    Beijinhos- glowofthemoonlight-

    ResponderExcluir
  3. É Agda o livro ou vc ama ou odeia mesmo rsr

    bjisss

    ResponderExcluir
  4. Olha, fiquei muito feliz de saber que Crepúsculo, que eu não li por não gostar de histórias com vampiros, despertou a curiosidade para um clássico. Como já disse no post do sorteio, não li o livro, só assisti ao filme, mas acho que é uma oportunidade de resolver essa falha.
    Parabéns pela resenha :)

    ResponderExcluir