Pages

21 de nov de 2012

Resenha: Sete minutos no paraíso








Título: Sete minutos no paraíso. Uma amizade, uma proposta, 
uma noite...

Autora: Rafaella Vieira

Editora: Gutenberg

N° de páginas: 182

Ano de lançamento: 2012



Sinopse: Raquel só se veste de preto, é extremamente antissocial e se acha a esquisitice em pessoa. Diego é só mais um garoto de 16 anos louco por videogame e filmes de terror. Os dois cresceram juntos e são amigos inseparáveis. Mas um dia ela percebe que está perdidamente apaixonada por ele.
A minha história com Sete minutos no paraíso (7mnp) é um longo caso de amor. Desde que li o primeiro livro da Rafa, Depois daquele beijo, fiquei apaixonada pela forma dela de escrever e fiquei na expectativa para o lançamento de 7mnp. Umas semanas depois que ele foi lançado comprei e assim que o tive em mãos comecei a leitura.

Mas vamos a resenha em si. Quem nunca se apaixonou pelo melhor amigo provavelmente não ira entender a Raquel, ela e o Diego são amigos a bastante tempo e numa bela noite assistindo The Secret Circle a Raquel percebe que está apaixonada por ele. Assim que ela se da conta de tal fato sua vida muda de cabeça para baixo, ela começa a se questionar porque está apaixonada logo pelo Diego, o seu melhor e único amigo!

Um registro pessoal: gostar do seu melhor amigo pode ser complicado, doloroso e perigoso. É, eu gosto dele. E não de um jeito qualquer, mas sim de um jeito ‘quero ficar sozinha num lugar escuro com ele’. Para ilustrar meus sentimentos, o que tenho a dizer é que seria capaz de derretê-lo todinho e fazer uma mousse de chocolate com ele de tão gostoso que ele é.

Vamos dizer que se apaixonar pelo seu melhor amigo é uma tarefa até ‘fácil’, mas saber que prima gostosa pela qual ele é apaixonado vai passar a morar na casa dele já é demais! Sabendo disso a Raquel monta um plano para que a primeira dela seja com ele e vice-versa (essa proposta é que origina o nome do livro, tipo ela faz uma alusão ao jogo sete minutos no paraíso, que quem não conhece pode saber como é aqui).

Se ele aceitou ou não e o que acontece eu deixo para que vocês descubram lendo essa maravilhosa história de amor.

Sete minutos no paraíso é mais que uma história de amor adolescente, mostra o quão complexo e louco é se apaixonar, mostra até que ponto podemos chegar por amor. Mas o legal é que isso não é feito de forma séria e dramática, é feito de forma que você é levado pela história, é como se durante a leitura do livro você estivesse dançando Kiss me do Sixpence None The Richer, o livro é tão gostoso quanto essa música.

Eu recomendo a leitura para todos aqueles que adoram uma boa história de amor, muitas risadas e lágrimas, muitos altos e baixos e muitos momentos ‘aaaawn’.

Vale ressaltar que é um juvenil e ele tem uma linguagem bem jovem, cheia de gírias e tipicamente adolescente, tem bastante referências ao mundo jovem e por isso ele pode não agradar a todos os gostos. Porque existem pessoas no mundo que, como eu, não são fãs do gênero.

Espero que leiam e gostem do livro. E é isso pessoal, até semana que vem õ/. 

Beijos, 

Tha.

14 comentários:

  1. Uau, The Secret Circle no meio da estória haha Eu teria colocado outro nome para o seriado no livro, mas nada demais. Gosto de livros juvenis, por serem leves, e usar uma linguagem maravilhosa, entre outras coisas boas. Quero descobrir se os sete minutos no paraíso da Raquel vão dar certo.

    http://sobreimportancias.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Então sou uma das pessoas que não compreendem a Raquel, kkkkkkkk

    Boa resenha, mas o livro é muito juvenil pro meu gosto.

    Bjo.

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser tão fofinho.
    Apesar de ser juvenil com amor adolescente, acho que vou arriscar na leitura, vai que eu goste, né? :D

    Amores são lindos, independente da idade.
    *-*

    ResponderExcluir
  4. O livro parece se uma coisa bem fofa e tenho que dizer que agpora estou loca para le-lo !! ^^ kkk quero ver que confusão que ela vai aprontar !

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaaaaaai q linda, Tha, ameeei <3
    7000bjosss

    ResponderExcluir
  6. hahahaha como assim ela descobre que é apaixonada por ele quando ta assistindo
    TSC..(sim a serie é maravilhosa hahahah)...
    o livro tem uma capa muito fofa...ea historia parece ser bem engraçadinha...Adorei a resenha...

    xoxo

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, mais agora você me deixou com muita vontade de comprar o livro, porque preciso saber se ele topou ou não :S Droga, sou muito curiosa, kkkkkkkkkkk! Vou ficar pensando no livro, até conseguir comprar e ler.
    PS: Adoro TSC!!! pena que terminou ;/

    ResponderExcluir
  8. Acho até legal esse livro, mas não achei tanto a ponto de ler. Não é o tipo de história que me chamou atenção =/

    ResponderExcluir
  9. EU não sou muito a favor de romances, e esse em geral parece ter aquela historia meio batida, de garota esquisita se apaixonando pelo amigo, mas mesmo assim me deu vontade de ler.

    Me identifiquei com o livro, confesso. E com a personagem. IUASHAIUSH
    Era considerada pelos outros e por mim como esquisita, me apaixonei por meu amigo e namoramos, mas nao deu certo. Perdi o amigo. ASOIUhAIUSH

    Esse é o problema xD

    anyway

    =**

    ResponderExcluir
  10. Achei legal o livro colocar essas coisas de hoje, tipo The Secret Circle, muito legal!
    Digo até que me animou para ler o livro, porque quem nunca se apaixonou pelo seu melhor amigo né?

    ResponderExcluir
  11. Oiii eu adoro livros assim, com histórias fofas, isso de se apaixonar pelo melhor amigo acontece mto, fiquei curiosa para conhecer a história...

    BjOs!!!

    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Já passei pela mesma situação que a Raquel... eu só não estava assistindo The Secret Circle quando descobri que estava loucamente-perdidamente-imensamente apaixonada pelo meu melhor amigo. Também não sou fã desse gênero adolescente, mas estou encantada pela estória e quero muito saber se o Diego topou ou não participar desse jogo.

    ResponderExcluir
  13. Interesante falar de TSC!! curti a resenha, bjs

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, o livro parece ser bem divertido, apenas com o trechinho mencionado eu já ri. Realmente gostei muito desse livro, pelo que li ele trata do amor de uma forma mais simples, estou fugindo um pouco daqueles romances sofridos, quero algo divertido, estou apostando nele.
    Valeu pela dica de leitura.

    ResponderExcluir