Pages

5 de nov de 2012

Resenha: Um Ano Inesquecível






Titulo: Um Ano Inesquecível  

Autor: Ronald Anthony

Editora: Novo Conceito

Nº de Páginas: 303

Ano de Lançamento: 2012






Sinopse: Você acredita que o amor pode durar para sempre? Jesse Sienna não. O casamento de seus próprios pais era respeitável mas sem paixão; e sua própria história romântica indica que o amor queima ardentemente antes de desaparecer por completo. Então, quando seu pai, Mickey, muda-se para sua casa e parece não compreender o relacionamento superficial de Jesse com sua atual namorada, mas Jesse não lhe dá atenção.
É apenas um exemplo do quão diferente eles são e fica mais evidente que ele e seu pai nunca terão uma ligação mais profunda.
Mas a verdade é que Mickey Sienna conhece mais sobre amor do que a maioria das pessoas conseguem aprender na vida toda.
Há mais de cinquenta anos, ele encontrou o amor mais verdadeiro que a vida pode oferecer. Ele sabe das infinitas recompensas de investir seu coração e sua alma em alguém... E conhece o prejuízo devastador de deixar esse alguém perfeito escapar.
Quando Mickey percebe que Jesse não está dando valor a uma mulher extraordinária, decide que é hora de contar à história que nunca contou para nenhum de seus filhos a Jesse. Durante os meses seguintes, Mickey mostra seus momentos mais particulares e felizes para seu filho... e muda a percepção de Jesse em relação ao amor e as possibilidades de um relacionamento duradouro para sempre.

Pra falar a verdade quando esse livro chegou aqui eu não dei nada por ele, gostei da capa, mas não achei linda, a sinopse foi o que me deixou mais a fim de ler. E posso dizer que foi uma surpresa boa, gostosa demais.

O livro fala sobre a vida de Jesse um jovem que vivi sozinho até levar o pai Mickey pra sua casa e lá os dois começam a tentar se entender, coisa que é difícil no começo, por Jesse sempre ter sido calado, distante do resto da família sua vida inteira.
Eu gostei muito e me identifiquei com o Jesse, ele teve alguns relacionamentos que não deram certo, e sofreu com isso. Acabou deixando de acreditar no amor verdadeiro, achando que ele não dura para sempre e não vale à pena. Ele namora a Marina, uma professora, jovem de bom coração, que ama o Jesse. Eu gostei tanto dela, imaginei um tipo de pessoa que te dá paz de espírito justamente o que ele precisa.

“Minutos depois, Marina partira. Não queria mesmo que fosse embora e a fiz parar diversas vezes para me beijar antes de entrar no carro. Da última vez, ela teve de fechar o vidro para dar a partida no carro.” pág. 188

O Mickey é um senhor que ama o filho, e no decorrer da estória ensina coisas das quais ele nunca irá esquecer e que muda sua vida completamente. Não gostei muito da família do Jesse, os irmãos são vazios, sem muito sentimento simplesmente não deixam nada de bom na vida dele.

A narrativa do livro é leve, fácil de ler. O jeito que o autor seguiu a estória foi muito feliz para o primeiro livro dele já ganhou uma fã. Não gostei muito do começo da leitura, o livro parecia não andar e isso me desanimou, mas como vi que a estória tinha potencial decidi continuar e não me arrependi, ele com toda certeza vai pra lista de uma das melhores leituras desse ano.

Vai ser aquele tipo de livro que quando olhar na estante vou sempre lembrar Jesse e da Marina com carinho e sorrir sozinha com a imagem que crie dos dois na cabeça. E sentir falto do Mickey como se ele fosse alguém da família.
Indico o livro pra quem gosta de se emocionar, pensar sobre a vida, os rumos que ela pode seguir e nos levar. É um livro que toca seu coração e seus pensamentos, te deixa feliz, com raiva e satisfeito.

Eu amei o livro, um dia pretendo reler e ter o gosto bom de cada coisa novamente. Mesmo eu que não acredite tanto no amor, depois de terminar vi que ainda tenho salvação e esperanças, que tudo melhore.

Bom gente é isso, vou parar antes que comece chorar.

Beijos a todos.

E só pra lembrar esta rolando promoção desse livro aqui no blog, quem gostou da resenha só participar. 

Fiquem bem.







19 comentários:

  1. A capa já "passa" a sensação de ser um drama. O olhar pensativo do senhor de idade e a cara fechada dos jovens, dá a entender que o relacionamento não vai bem.

    Pretendo lê-lo em breve.

    Boa semana e bjo!

    ResponderExcluir
  2. Oi florzinha!

    Eu achei essa capa tão à lá Nicholas Sparks, né?? E gostei da sua resenha... "ele com toda certeza vai pra lista de uma das melhores leituras desse ano." Deve ter mexido com você, com certeza! E imagino também que a narrativa seja contada pelo próprio Jesse, é isso?
    Estranho ver um homem compartilhar suas decepções amorosas, né? Às vezes tenho a sensação de que o homem não liga para esse tipo de coisa...

    Obrigada por compartilhar a resenha conosco! \o

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeh....então o livro é dividido em alguns capítulos é narrado pelo Jesse outros pelo pai dele....é estranho mesmo ver e ler um homem falando dos sentimentos, do que senti,eu amo livros quando o narrador é um homem, li poucos assim, mas todos muitos bons. Esse tem um lugar no meu coração, é simples mas com uma mensagem muito bonita, realmente mexeu muito comigo.

      bjiss

      obrigada pela visita ^^

      Excluir
  3. Ai Jaira, acredite no amor! Ele existe, só que não são todos que sabem amar...
    Tu deve ter encontrado esses exemplares com defeitos. hehehe

    Antes de ler a resenha, eu já tinha confirmado minha participação no sorteio, agora que me fez sentir emocionada só em ler a resenha, vou começar a torcer muito para ganhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. menina só achei os com defeitos mesmo kkkkk tenho certeza disso.

      boa sorte na promoção.

      bjisss

      Excluir
  4. Mana vai por mim o amor é uma coisa complicada ... hum falando a voz da esperiencia né ¬¬ mas acho que um dia você vai encontrar uma pessoa que saiba valoriza-la E tenho que admitir que quando olhei pra capa do livro preguei o olho no bonitão kkk Gosto de romances principalmente esses que vem trazendo uma pequena experiencia de vida ^^ Precios ganhar esse sorteio *O*

    ResponderExcluir
  5. A capa não é nada espetacular mas mesmo assim achei ela muito bela, pela sinopse o livro parece ser um drama muito bonito e eu adoro dramas (chame-me de masoquista se quiser) principalmente quando envolvem relações familiares como a de pai e filho, pois um livro assim dificilmente decepciona, estou ansioso para ler.

    Eu deixei um meme para você Jaira no meu blog, espero que goste:
    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com.br/2012/11/memes-e-selinhos-que-eu-recebi-3.html

    ResponderExcluir
  6. Não, não existe amor eterno, tudo isso não passa de um tremendo blábláblá daqueles (pronto, falou a revoltada né... hehe). Sério gente, não acredito nessas coisas, o que não quer dizer que não goste de ler a respeito. Minha mãe até incentiva esse tipo de leitura, ela fala que talvez esses livros consigam me amolecer. Assim, eu adoro um livro beem dramático, e Um Ano Inesquecível parece ser daqueles livros que te arranca litros de lágrima. Sinto que o meu personagem preferido será o Mickey, por toda a experiência de vida e sabedoria que ele transmitirá ao filho.

    ResponderExcluir
  7. AHHHH também li esse. Li na semana passada. Adorei ler sua resenha, a minha sai na sexta. Já me deu saudade do Jesse!!!

    Eu gostei da capa, gostei da premissa, da história, de tudo.

    Gosto de livros que contam histórias que podem servir para o nosso dia-a-dia.

    Parabéns pela resenha!!

    Bjkas

    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li o livro, mas estou louca para ler, e gostei muito da sua resenha, me deixou bem curiosa, quero ler em breve, aí venho aqui dizer se gostei.
    Beijos flor, parabéns pela resenha, ficou ótima.

    ResponderExcluir
  9. Amigaaa...
    Li este livro estes dias, mas ainda não resenhei ele... Também achei bem gostosinho de ler e log no início o Mickey, "velho ranzinza" me conquistou e eu vi que o livro daria bom...hehe
    Agora, precisamos curar você...hehehe

    Beijos amiga

    TeLa
    Penseira Literária

    ResponderExcluir
  10. Achei bacana esse livro, a história é boa na minha opinião e promete uma leitura gostosa. Quero ver se leio em breve, já o meu já está aqui esperando pra ser lido.

    ResponderExcluir
  11. Essa capa também não me agradou por completo. Pela sinopse o livro me pareceu aqueles que você não deve ler, e sim degustar lentamente cada capitulo. Espero estar certa. Está explicado porque o Jesse não acredita no amor verdadeiro, amor verdadeiro é um treco complicado haha Imaginei que o livro ia dar essa sensação de lembrança dos personagens depois da leitura, gosto tanto disso, passa uma paz, passa uma sensação boa. Mickey pareceu aquela personagem gente fina, que você deseja ter uma pessoa dessas por perto.

    http://sobreimportancias.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Esse livro para mim não tem nenhum atrativo...mais leria ele só para ver se estava certa sobre ele não ser bom...

    xoxo

    ResponderExcluir
  13. Eu gostei de tudo nesse livro, capa , sinopse...... Eu já queria muito esse livro, com sua resenha então, já sei que terei que ler. Eu não consigo deixar de gostar de livros que me façam chorar, quando mais emocionada o livro me deixe, mais eu gosto.
    hahahah
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Eu gosto de ver quando as editoras em q eu confio investem em bons livros, mesmo quando eles nao fazem muito o meu genero, como esse. Significa q elas nao perderam a mao na escolha! IUASHIAUHSiAUHS

    =**

    ResponderExcluir
  15. Eu adorei a leitura e recomendo a todos, com certeza esse livro será inesquecível para muitas pessoas. O final foi muito extraordinário, belo e cativante, mas aconteceu da maneira que deveria ser, um livro muito bem escrito, emoção na dose certa.
    Amei a resenha por sinal.

    ResponderExcluir
  16. Quase ia para de ler o post por causa da sinopse, realmente ela não está boa, mas eu fui forte e valeu a pena, achei o livro um aprendizado, estou disposta a ler, porque a a gente sempre precisa de conselhos, acho que na minha idade todo mundo é meio Jesse, e se sente inseguro para amar de verdade.
    Parabéns pela resenha, adorei!

    ResponderExcluir