Pages

25 de jan de 2013

Resenha: Julieta Imortal





Título: Julieta Imortal

Autora: Stacey Jay

Editora: Novo Conceito

N° de páginas: 237

Ano de lançamento: 2011


Sinopse: Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará de tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela. 

Essa nova versão do clássico de Shakespeare trás a ideia de que Julieta foi assassinada por Romeu para que esse conseguisse a imortalidade. Essa ideia é realmente pirada, mas a forma como a Stacey desenvolveu parece que foi realmente isso que aconteceu que Shakespeare se enganou com o final é que o certo é o que a Stacey escreveu. Não, eu realmente não estou exagerando.

No livro, depois que Julieta morre, ela recebe a visita da Enfermeira que lhe conta o que Romeu fez e propõe a Julieta que ela se junte aos Embaixadores da Luz para poder lugar contra o Romeu e os Mercenários, Julieta aceita isso e se torna uma Embaixadora da Luz. A função de Julieta é manter unidas as almas gêmeas, ela pode ‘entrar’ no corpo de uma pessoa próxima ao casal e fazer de tudo para que eles continuem juntos. Graças a isso ela entra no corpo de Ariel Dragland e deve unir as almas gêmeas Ben e Gema.

Romeu é um Mercenário e tem como função impedir que as almas gêmeas fiquem juntas e um mate o outro. Sendo um Mercenário Romeu é imortal, ele sempre fica na Terra, só que ele apenas pode habitar corpos que já morreram, com isso ele acaba entrando no corpo de Dylan e tem a função de separar o Ben e a Gema.

Essa deveria ser apenas mais uma missão, mas Romeu percebe que tem algo de diferente acontecendo, que ele está cada vez mais fraco, que essa não é uma missão como as outras. Julieta também percebe essa diferença e percebe algo a mais, percebe que está apaixonada por Ben e que ele também está apaixonado por ela e isso não deveria acontecer nunca.

Uma trama cheia de reviravoltas e surpresas é assim que pode se definir Julieta Imortal, é inovadora e não caiu no clássico clichê de Romeu e Julieta, acho que esse é o grande ponto da história, ela modificou quase tudo sobre Romeu e Julieta, a essência foi preservada, mas apenas isso, o restante foi completamente modificado, não temos mais aquela Julieta doce e ingênua e nem aquele Romeu apaixonado que Shakespeare criou, temos agora uma guerreira vingadora e um assassino frio e cruel e confesso que gostei bem mais deles agora do que antes.

O romance do original foi um pouco preservado, apesar de toda a maldade que Romeu fez em determinados momentos ele se mostra arrependido e ainda apaixonado por Julieta, não daquela forma, de uma forma mais verdadeira por assim dizer. E também tem a história de Julieta com Ben, que por mais errada e proibida que seja ainda aparece em alguns poucos momentos.

Eu sou meio suspeita para falar desse livro por que li e adorei, como já disse anteriormente preferi a Julieta e o Romeu de agora, achei eles muito mais reais sabe? Com Shakespeare eles eram perfeitos demais, não cometiam erros, não pareciam pessoas de verdade, já nessa versão eles se parecem mais com pessoas, sentem coisas que qualquer um poderia sentir, digamos que a Stacey conseguiu humanizar eles.

Eu recomendo a história para todos aqueles que procuram uma história diferente, cheia de reviravoltas e com um ‘q’ de romance e que não liguem para as diferenças que a versão tem em comparação com o original.

Alguém ai já leu? Alguém pretende ler? Compartilhem suas opiniões pessoal...rsrs’.

Beijos,

5 comentários:

  1. Eu não li Romeu e Julieta de Shakespeare e nem esse. Minha prima não gosto e me desanimo, mas a sua resenha me deixo com vontade de ler.
    Eu tenho Romeu Imortal será quase a mesma coisa? Ou melhor? vi pessoas falando que pela visão do Romeu é melhor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente não curto essas modificações nas tramas originais.

    ResponderExcluir
  3. Já li este livro e adorei, estou louca para ler romeu imortal.

    ResponderExcluir
  4. Eu ganhei romeu irmotal em um top comentarista, e ficava querendo ler *u* Mas eu ainda não tinha julieta, ai ganhei em uma promoção e estou bem ansiosa para ler. Todos dizem que é muito bom.
    beijos,
    Fernanda ,
    www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei este livro.
    Admito que gostei mais do novo que do clássico.
    A história ganhou uma cara nova, mais empolgante que o original.
    Não me matem, mas acho o clássico chatinho

    ResponderExcluir