Pages

15 de fev de 2013

Resenha: Romeu Imortal




Título: Romeu Imortal - Nunca é tarde para encontrar redenção  através do verdadeiro amor. 

Autora: Stacey Jay

Editora: Novo Conceito

N° de páginas: 319

Ano de lançamento: 2012




Sinopse: Amaldiçoado a viver por toda a eternidade em seu espectro, Romeu, conhecido por seus modos rudes e assassinos, recebe uma chance de se redimir viajando de volta no tempo para salvar a vida de Ariel Dragland. Sem saber, Ariel é importante para os dois lados, os Mercenários e os Embaixadores, e tem o destino do mundo nas mãos. Romeu deve ganhar seu coração e fazê-la acreditar no amor, levando-a contra seu potencial obscuro antes de ser descoberto pelos Mercenários. Enquanto sua sedução se inicia como outra mentira, logo ela se torna sua única verdade. Romeu jura proteger Ariel de todo o mal, e fazer qualquer coisa que for preciso para ganhar seu coração e sua alma. Mas quando Ariel se decepciona com ele, ela fica vulnerável à manipulação dos Mercenários, e sua escuridão interna poderá separá-los para sempre.

Decepção. Creio que essa seja a melhor palavra para definir o que Romeu Imortal representou para mim.

O fim de Julieta Imortal deixa uma brecha bem grande para uma continuação e ao terminar a leitura deste eu fiquei em estado de nervos à espera da continuação, mas como sempre diz minha mãe ‘quanto maior a expectativa, maior é a frustração’ e com Romeu Imortal, infelizmente não foi diferente.

Romeu Imortal conta o que aconteceu com Romeu depois que ele foi expulso dos Mercenários, a Enfermeira de Julieta lhe deu uma nova chance, em um novo universo, onde Julieta não entrou no corpo de Ariel Dragland, Romeu recebe a missão de fazer Ariel se apaixonar por ele e encontrar nele o amor verdadeiro. A missão, aparentemente fácil, se torna difícil quando Romeu se vê verdadeiramente apaixonado por Ariel.

O livro tinha a premissa de mostrar um Romeu redimido, que havia se arrependido de seus erros e decidido ser uma pessoa melhor, isso realmente acontece, só que o problema é que essa transição dele é feita de forma chata e demorada, a autora se perde na descrição de cenas e torna um fato que poderia ser descrito em dois parágrafos, no máximo, em duas páginas. No decorrer do livro eu tive a impressão de que a autora ficou com preguiça de escrever, catou um monte de livros da estante e foi dando ctrl + c – ctrl + v neles. 

Toda a paixão e mistério que havia em Julieta Imortal não existem em Romeu Imortal.
Para não dizer que o livro não tem pontos positivos, o que eu gostei foi da mudança da mãe da Ariel, no primeiro livro ela quase não aparece e nos momentos em que aparece é detestável, mas já nesse livro ela se redimiu completamente, vemos uma mãe de verdade, uma companheira para a Ariel. O final do livro também me agradou, foi bem diferente do que eu imaginava e por si só já foi um grande alívio.

Infelizmente eu não posso lhes dizer que esse é um bom livro, mas para quem gostou de Julieta Imortal fica a dica para ler a continuação. A leitura também pode ser feita por aqueles que não leram Julieta Imortal, o livro trás lembranças do primeiro livro e isso faz com que o leitor não se perca e entenda o que está acontecendo na estória.

Bem gente, essa foi a minha mais sincera opinião sobre o livro, espero que não tenham a achado violenta ou qualquer coisa do tipo e que seja útil para alguém. Alguém já leu? Alguém pretende ler? 

Resenha de Julieta Imortal

Beijos e até a próxima õ/


4 comentários:

  1. A melhor opinião é sempre a sincera, se vc não gostou e ficou decepcionada faz parte. Todos já lemos algum livro que no final não gostamos da trama, :(

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu ainda não li Julieta imortal e nem Romeu imortal, e nem pretendo...
    Gostei da sua resenha, bem sincera.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ah eu estava doida para ler Romeu Imortal, e acho que a sua resenha me fez ter pés no chão, e não ir com tantas expectativas, por isso vou demorar um pouco para comprar ele. Afinal eu AMEI Julieta Imortal, e francamente não quero ter uma grande decepção, o que poderia ser bem triste para mim. rsrs'
    Adorei sua sinceridade, pelo menos para mim, foi uma boa, para não criar muitas expectativas na continuação. Parabéns :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu ganhei esse livro em um top comentarista, mas ainda não comecei a ler, e confesso que fiquei meio com pé atras depois que andei lendo várias resenhas.
    beijos

    ResponderExcluir