Pages

5 de abr de 2013

Resenha: O Advogado da Vida




Título: O Advogado da Vida

Autor: Jean Postai

Editora: Novo Século, selo Novos Talentos da Literatura Brasileira

Ano de lançamento: 2012

N° de páginas: 415




Sinopse: Quando começa o direito à vida? Essa pergunta fica quase impossível de ser respondida quando o médico Arthur Galanidel é preso por supostamente realizar abortos ilegais em sua clínica, inclusive em uma menor de idade. O advogado David é escalado para defender o caso, sofrendo a pressão da imprensa e da sociedade, que discutem se uma mulher tem ou não o direito de abortar e se o médico é ou não um criminoso. Será que David conseguirá convencer os jurados a inocentar o médico? Em quais situações é permitido a uma mãe optar por dar ou não à vida a seu filho? Neste emocionante thriller jurídico, as perseguições, tramas e provas são misturadas a todo momento, criando um romance fantástico, de tirar o fôlego. Tudo isso para, no final das contas, o caso ser julgado por sete jurados que decidirão onde começa e até onde vai o mais fundamental dos direitos: o direito à vida.

Arthur Galanidel é obstetra super famoso, que atende a várias estrelas e mulheres ricas em sua clínica. Sua vida transcorria normalmente até que o jornalista Patrick junto com uma colega grava ilegalmente uma conversa com Arthur na qual ele, Arthur, afirma que realiza abortos ilegais em sua clínica, essa reportagem caí na mídia e vira um enorme sucesso, afinal é meio incomum um médico admitir fazer isso, graças a essa entrevista ele é preso e no presídio ele chama David, seu sobrinho, para ser seu advogado. Arthur acredita que David é o único que pode o defender da forma correta e lhe tirar dessa situação.

O livro trata de um assunto bastante polêmico, mas sem em momento algum condenar ou favorecer um dos lados, é debate saudável sobre o tema aborto, põe pontos positivos e negativos e no final deixa ao leitor tomar uma decisão sobre o tema, esse é um dos motivos que faz o Jean merecer meus mais sinceros parabéns. Grande parte dos livros que tratam sobre polêmicas acaba favorecendo um lado ou outro, ou então deixando o tendo furos na história, mas em ‘O Advogado da Vida’ isso não acontece, o autor conseguiu escrever um livro neutro, que desmistifica várias coisas sobre um tema que faz parte do nosso dia-a-dia, mas que nunca temos coragem de parar para discutir com alguém.

O Advogado da Vida mescla em suas páginas aventura, romance e polêmicas, muitas polêmicas, mas não peguem o livro pensando apenas ‘ah esse é mais um livro sobre aborto’, por que ele não é o livro trata sobre até onde o ser humano é capaz de ir, mostra as várias faces que uma pessoa é capaz de assumir e, acima de tudo, mostra que tudo sempre tem um ponto positivo, que antes de exprimirmos nossa opinião devemos avaliar a situação.

Estou tentando escrever essa resenha sendo o mais imparcial possível, mas aqui no finalzinho estou quase perdendo o foco, por isso vou terminando por aqui. Antes de partir, gostaria de dizer que recomendo a leitura para qualquer pessoa, desde os que querem ganhar um panorama sobre a situação até aqueles que querem uma boa história, só não aconselho a leitura para aqueles que querem um livro apenas para entreter, esse é o tipo de livro que faz o leitor necessariamente pensar.

Para aqueles que querem saber minha opinião sobre o tema e bater um papo mais aprofundado sobre o livro meu twitter é o @thalita0liveira e meu email é thaalita.oliveira@yahoo.com, me mande um email ou me chama no twitter que a gente bate um papo sobre isso.

Beijão e até breve \õ.


5 comentários:

  1. Já é a segunda resenha que leio sobre esse livro e as duas foram bem positivas, especialmente, no ponto imparcialidade do autor. Ache legal isso. Ótima resenha!

    Camila – Meu Livro Cor-de-Rosa
    http://meulivrocorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Livro intenso e polêmico pelo que entendi.
    Fora que é grande, tem muito assunto pra falar!!
    Eu gostei viu. As vezes eu gosto de uma leitura mais densa, assim como esse me pareceu ser.

    Bjkassssss

    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Obrigado pela resenha, curti demais!
    Se puder, coloca no Skoob também!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Oi Thata!!
    Que resenha legal! Eu confesso que não conheço o livro e nem sabia a respeito dele, ainda bem que vim aqui no Livros e Versos!
    O tema aborto é bem complicado de ser comentado, né? Imagina escrever um livro sem se contradizer ou erguer uma massa de pessoas com uma mesma opinião (seja ela de acordo ou não com o livro). Eita, é complicado! Mas acho que o autor deveria se firmar em um lado sim, expor o que ele pensa de uma forma ou de outra. Apenas levantar o tema e deixá-lo como está acho que não seria uma leitura agradável pra mim, sabe? Enfim...

    Beijos e boa semana! ;*

    ResponderExcluir
  5. Olá Thalita..
    Adorei sua resenha.
    Já li e resenhei o livro e gostei muito da ideia do Jean, esse vai longe... Vale a leitura, muito mais que um simples livro, vale a reflexão e principalmente a discussão sobre o aborto. Parabens

    Beijosss

    TeLa
    http://www.penseiraliteraria.com.br/

    ResponderExcluir