Pages

3 de ago de 2011

Resenha: Strange Angels







Titulo: Strange Angels 

Autora: Lili St. Crow 

Editora: Novo Século

Categoria: Literatura Estrangeira

Nº de Páginas: 287

Ano de Lançamento: 2009



Sinopse: Dru Anderson se acha estranha por mais tempo do que é capaz de se lembrar. Ela viaja de cidade em cidade com seu pai, caçando coisas que nos aterrorizam à noite. Era uma vida bem esquisita, mas boa. Até que tudo explode em uma cidade gélida e arruinada de Dakota, quando um zumbi faminto arromba a porta da cozinha. Sozinha, aterrorizada e sem saída, Dru vai precisar de cada pedacinho de sua esperteza e treinamento para continuar viva. Seres sobrenaturais decidiram ser os caçadores e desta vez, Dru é a presa. Chance de sobrevivência? De pouca a nenhuma. Se ela não durar até amanhecer, acabou a brincadeira...


Resenha SEM SPOILERS

Antes de começar a ler esse livro eu vi muitas resenhas em outros blogs sobre ele, e alguns simplesmente amaram e outros odiaram, eu já tinha comprado ele a certo tempinho e de tanto ler coisas boas e ruins a respeito acabei deixando outros passarem na frente. Enfim peguei-o pra ler, e gente foi difícil, quase dolorido sério, quanto, mas eu lia menos eu gostava.
O livro conta a história da Dru Anderson, ela e o pai caçam coisas das quais nós achamos que só existem em filmes de terror, pra quem gosta da série de TV “Sobrenatural”, é um pouco parecida, só que não tem o Dean e o Sam =/.
Só que logo no começo do livro acontece uma coisa muito importante pra história e como decidi fazer essa resenha (SEM SPOILERS) não vou contar. A Dru não é digamos uma mocinha sofredora e tal, ela é do tipo durona, que não leva desaforo pra casa, mas ela fica muito chataaaaaa depois que a coisa importante acontece, eu quase abandonei esse livro por causa dela, tem o amigo dela o Graves, até que ele é legal, mas como sempre tem um, mas, não me deixou muito animada com a leitura, e ainda pra deixar pior tem um erro que eu achei horrível, o livro é cheio de “Cê”, isso mesmo vocês não leram errado, é desse jeito que esta escrito lá, dava uma raiva cada vez que eu lia isso, que foi mas um motivo pra eu quase desistir dele.
Nem sei bem porque continuei a ler, e eis que chega a luz no fim do túnel, o capitulo 21, eu só não desisti por causa desse capítulo, porque daí em diante a história finalmente fica boa, lembrando o livro só tem 28 capítulos, ou seja, a escritora deixou a parte boa pro final. E aparece o Christophe que realmente faz a coisa andar pra valer, fiquei pensando se ele vai ser tipo a par romântico da Dru e alguma coisa me diz que sim, só lendo os outros livros da série pra saber. E eu gostei do jeito que ele chama a Dru, por isso separei esse quote ai.

“ – Calma, passarinho, era só uma serpente no ninho.
Isso foi sussurrado em meu cabelo; um círculo quente de respiração contra meu couro cabeludo trêmulo, antes que ele erguesse a cabeça.”                                           pág:218
 
E depois de praticamente abandonar o livro, cheguei a conclusão que foi difícil, mas valeu a pena ler, mesmo com as lamentações da Dru, no final eu fiquei me perguntando o que vai acontecer nos próximos livros, e me vi doida pra ler, quem ainda não leu eu recomendo, pode ser chato e enrolado no começo só que depois fica legal, não vejo a hora do Christophe aparecer de novo deu pra perceber que gostei dele, não é? =)

Bom fico por aqui, até 

Fiquem bem 

Beijosss





4 comentários:

  1. Não me chamou muito a atenção justamente por ser parecido com o início de supernatural e eu adorar supernatural e o Sam e o Dean haha
    e tbm porque já enchi um pouco o saco de coisas sobrenaturais
    Beijos querida , a resenha ficou ótima
    Bruna
    http://desbravandohistorias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Só de ler a sinopse eu lembrei de Supernatural!
    Realmente, esse livro é meio que um caso de amor e ódio entre os blogueiros, eu vivo me empolgando e desanimando pra lê-lo, mas vou dar uma oportunidade qualquer dia desses, mas a fila é grande!
    Adorei a resenha, e isso do autor guardar o melhor pro final acaba me desanimando um pouco, como acontece em alguns livros.
    -Michelle (Minha Bagunça)

    ResponderExcluir
  3. É verdade Bruna, as vezes fico meio sufocada com tantos livros com temas sobrenaturais.
    Fico feliz que tenha gostado da resenha.

    bjissss

    ResponderExcluir
  4. Eu quase desisti do livro por causa disso da escritora enrolar demais na história, mas dou força pra você, depois me diz se gostou.

    bjissss

    ResponderExcluir