Pages

3 de jul de 2012

Resenha: O Melhor de Mim








Titulo: O Melhor de Mim

Autora: Nicholas Sparks

Editora: Arqueiro

Categoria: Literatura Estrangeira/Romance

Nº de Páginas: 272

Ano de Lançamento: 2012


Sinopse: Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivesse em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois.


Bom mais uma resenha de um livro do Nicholas Sparks, então uma resenha difícil. Tenho que me segurar pra não me acabar em elogios e tal. Amo tudo que esse homem escreve, sou fã dele.

Esse livro me tocou de uma forma diferente de todos os outros dele que li. Por falar de um tema tão simples, bonito, fácil. O primeiro amor, que pra mim tem um jeito todo especial, por me lembrar de uma época feliz da minha vida.

Eu gostei muito do Dawson e da Amanda, eles são fofos quando estão jovens e apaixonados. Daquele tipo que o resto não importa só esta com quem você ama e quer. O tempo passa e quando Amanda se torna uma mulher, fiquei triste com ela. Pelo seu sofrimento por tantas coisas que passou e que ainda precisa passar na vida.

Já com o Dawson, me identifiquei com ele, por ser uma pessoa que mesmo a família tendo uma espécie de carma ele consegui ficar longe de tudo isso e viver sua vida. Apesar de todos acharem que ele nunca seria nada na vida, ele mostra no decorrer da estória que as pessoas mudam, crescem se tornam melhores e aprendem com os erros.

O livro é muito bem escrito, gosto do jeito do autor de contar as coisas. E não posso deixar de falar que chorei litros de lágrimas. Os acontecimentos são de certo modo surpreendentes, sofridos, triste, dolorosos. Mas que no final você acha que pode acontecer com qualquer um de nós.

O Sparks pra mim pelo menos tem o dom de falar sobre temas simples, comuns e fazer com que eles fiquem tão perfeitos e tão bem amarrados.

Não gostei da mãe da Amanda, do marido, dos primos do Dawson. Com uma família dessas é melhor ser sozinho no mundo. E uma coisa pequena, mas que me fez chorar mais litros. Foi o fato de só no final do livro você entender o porquê do nome do mesmo. E por isso digo que o nome é perfeito e caiu muito bem para o livro, coisa que não acontece sempre.

Posso dizer que esse vai para a lista de um dos melhores livros que li dele. Faz você pensar em como os rumos da vida podem mudar, pra onde o destino pode te levar. Que nem sempre as coisas são como achamos que eram. Em um piscar de olhos tudo que existe pode sumir e mudar para sempre.

Fala sobre amor, daqueles de verdade pra vida toda. Que nem o tempo e a distância são capazes de acabar, diminuir. De escolhas, de como tempo passa as pessoas mudam, mas suas essências continuam ali em algum lugar.

Eu índico o livro para quem gosta de chorar um pouco. Ao todo o livro é ótimo e vale muito a pena ler.

Eu amo qualquer coisa desse autor então sou mega suspeita para falar.

Comentem pra eu saber o que acharam.

Beijos a todos.

Fiquem bem.



15 comentários:

  1. Nossa que resenha otima ! Bem eu não sou muito fã de livros que me fazem chorar mas acho que vou arriscar um pouco ! kkk eu ganhei um livro desse escritos ( O PRIMEIRO ) então eu vou entender porque tudo mundo fala dele ! u.u

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha é maravilhosa! Ainda estou com um pouco de preconceito com Nicholas Sparks, não gostei muito de Diário de uma Paixão, Querido John mais ou menos. Mas não posso deixar de falar que ele é um grande autor.

    paranoiadasideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Já li o livro e confesso que amei e tambem
    chorei bastante, recomendo é uma boa leitura!!!

    ResponderExcluir
  4. "Não gostei da mãe da Amanda, do marido, dos primos do Dawson. Com uma família dessas é melhor ser sozinho no mundo": assustei!Ainda tenho certo receio de ler os livros do Nicholas Sparks,mas talvez abra uma exceçao.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Também amo os livros dele, e é meio difícil falar alguma coisa negativa dele. Este livro eu ainda não li.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Jaira dizer que recomenda pra quem gosta de chorar um pouco é delicadeza sua rssrs.
    Olha eu adorei esse livro, sou fã do Sparks apesar de chorar sempre. Ele realmente tem o dom de escrever estórias simples mas com toda uma beleza que só ele sabe. Mas como sempre digo ele acaba com os finais rsrs, porque ele sempre tem que nos matar de chorar?!Nos últimos capítulos eu simplesmente não conseguia parar de chorar.
    Eu gostei muito do Dawson, mas o personagem que do seu jeito é muito importante pro enredo e que me conquistou foi o Tuck.
    Adorei sua resenha Jaira ficou ótima.

    @Agda01

    ResponderExcluir
  7. Apesar de sempre ler milhares de resenhas e comentário falando sobre as obras do Nicholas Sparks, nunca li nenhum livro dele. Estou com "Um Homem de Sorte" aqui em casa, mas ainda não cheguei nele. Gostei bastante da sinopse desse livro, e assim que tiver oportunidade, lerei.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  8. Realmente o Sparks tem o dom de falar de todos esses assuntos com uma facilidade e uma forma que te faz ficar com o coração apertado por vários dias após terminar o livro! Estou curioso para ler esse dele!

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li este livro mais quero muito. Adoro os livros do Nicholas. Gosto muito da forma como ele escreve e de suas histórias.
    Adorei sua resenha e só me fez ter mais vontade de ler este livro

    ResponderExcluir
  10. Estou lendo "A última música" dele e estou curtindo! Quem sabe não leio esse ai dps? Parabéns pela resenha, bjs

    ResponderExcluir
  11. Eu também amo tudo do Nicholas Sparks. E pelo fato dele escrever sobre coisas simples me encante.
    Eu não vejo a hora de ter esse livro e a "A escolha" que outro que estou sutando para ler ^^

    ResponderExcluir
  12. Tenho livros do Sparks, mas ainda não li nenhum e bom... eu não gosto muito de chorar, mas sei que vou chorar com os livros dele, pois choro litros e litros em todos os filmes adaptados dos livros dele.
    Pretendo ler algum livro dele nessas férias.
    A história do livro parece ser muito linda, mas tenho medo dos finais tristes do autor.
    Amei a resenha! *-*

    ResponderExcluir
  13. Acho tão legal esse negócio de amor pra vida inteira, mas que legal. haha
    Um laço tão bonito e profundo desses e raro nos dias de hoje.
    Pela resenha dá pra ver o quanto o livro é emocionante e profundo. Daqueles que nos tocam mesmo.

    ResponderExcluir
  14. Ai flor, sou mega fã dele também. Se ele não fosse casado ia até lá pedir ele em casamento. Ele deve ser super romântico, pra escrever umas histórias dessas *-*
    Nesse em especial, quando tava chegando no final já comecei a adivinhar o que tinha acontecido e juro que não tava acreditando. Quando eu terminei de ler tava revoltada com Deus e o mundo hahaha e chorando litros e mais litros em casa.
    Agora pensa: minha mãe entrou no quarto correndo perguntando quem morreu e quando eu expliquei o motivo de eu estar chorando, a melhor coisa que pode expressar a cara dela é isso ¬¬' uashuashaushuas
    Beijinhos,
    @carol_ordonha

    ResponderExcluir
  15. Eu amo chorar com um bom livro,então é mais que indicado pra mim hahahahaha
    os livros do Sparks dispensa comentários né ?
    eu to tentando conseguir a coleção dos livros dele,só pra reler sempre que eu quiser *-*
    adorei sua resenha Jaira,ja que enalteceu o livro e o amor <3

    ResponderExcluir